Benefícios de uma construção com tijolos ecológicos

O tijolo ecológico é um dos materiais que melhor lida com a natureza. Graças à sua composição, há a possibilidade de reaproveitar materiais que seriam descartados e, consequentemente, acabariam contaminando o meio ambiente. Além disso, sua produção não afeta diretamente o oxigênio.

Esse tipo de material tem sido cada vez mais procurado nas lojas de construção graças à economia proporcionada por ele, bem como pela proteção levada ao meio ambiente. Além disso, sua produção pode ser iniciada em casa, desde que haja uma pequena experiência sobre como moldá-lo.

Vantagens

Existem muitas vantagens na hora de comprar o tijolo ecológico. Esse tipo de material para construção acaba entregando muito mais dinamismo para a obra, além de garantir um maior controle para a estrutura física de cada um dos cômodos construídos. Confira, abaixo, quais são os principais benefícios de sua utilização em uma obra.

Agilidade na construção

A estrutura dos tijolos ecológicos é muito mais simples que os modelos tradicionais. Por ser muito fácil de montar e unir com outras peças, é mais vantajoso na hora de levantar paredes ou construir bancadas, principalmente pelos furos já presentes em sua estrutura. Isso garante uma rapidez na finalização do projeto.

Economia

A economia também é um fator extremamente relevante na compra de tijolos sustentáveis. Ao contrário dos modelos tradicionais, acaba sendo mais barato devido aos poucos componentes utilizados em sua criação e um caminho de produção extremamente simples que dispensa a queima de blocos. Salva o meio ambiente e, também, o orçamento.

Redução de entulho

Ao reduzir drasticamente o uso de material durante a aplicação, há muito menos chance de acúmulo de detritos em reformas ou construções. Desta forma, o ambiente pode ser ainda mais protegido e mantido livre de materiais que possam contaminar o ambiente durante todo o processo.

Durabilidade e resistência

Tijolos sustentáveis ​​são mais duráveis ​​e resistentes ​​que os modelos tradicionais. Isso significa que a manutenção no local será completamente reduzida, permitindo que os proprietários economizem dinheiro. Além disso, este tijolo pode suportar facilmente mudanças de temperatura mais drásticas.

Conforto térmico

Outro grande benefício deste material é que ele proporciona um conforto térmico muito significativo. Graças aos orifícios em sua estrutura, há uma chance muito maior de evitar a troca de calor com o ambiente, mantendo assim o ambiente estável e, principalmente, isolamento acústico para evitar ruídos externos.

Menos quebra-quebra

Outro bom motivo para investir em tijolos ecológicos é que evita que reformas ou prédios fiquem cheios de “rachaduras”. Conforme mencionado anteriormente, o tombamento e a formação de detritos no ambiente podem ser significativamente reduzidos devido à sua construção e facilidade de montagem entre os blocos.

Desvantagens

Assim como qualquer outro material, o bloco sustentável possui algumas desvantagens, muito embora elas apareçam com menos frequência do que suas vantagens. Confira, abaixo, quais são elas.

Mão de obra especializada

Muitas vezes, para que a aplicação do tijolo ecológico possa ser feita adequadamente, é necessário contratar profissionais que já estejam acostumados com o uso desse material. Por causa da falta de especialização do mercado, isso pode custar um pouco mais de tempo e dinheiro.

Fornecedores

O mercado sustentável ainda está em ascensão no Brasil. Por isso, as chances de encontrar fornecedores é um pouco menor. Será preciso realizar uma pesquisa mais elaborada e paciente para saber onde comprar e em quanto tempo irá receber o material para a realização da construção.

É mais barato construir com tijolo ecológico?

Sim, é muito mais barato construir com tijolo ecológico. Toma-se como exemplo um prédio construído com tijolos ecológicos, que chega a custar 40% a menos que um prédio de alvenaria. Grande parte dessa economia vem do fato de não serem necessários acabamentos para esse tipo de trabalho. 

Para ter um parâmetro geral acerca do orçamento, construir com tijolos ecológicos pode economizar cerca de 80% de cimento, 50% de ferro e até 100% de madeira usada como pilares. O material também distribui melhor o peso de toda a obra, além de trazer mais segurança, o que afeta, de maneira direta, a fundação da obra.

Pode rebocar tijolo ecológico?

Sim, é possível rebocar o tijolo ecológico. Além de ser resistente e durável, esse tipo de material de construção é bastante versátil e recebe uma dezena de revestimentos sem maiores preocupações. Dessa forma, é possível fazer com que os cômodos da casa acabem combinando sem grandes problemas.

No entanto, é muito comum que algumas pessoas prefiram deixar os tijolos aparentes para oferecer um tom mais rústico para a reforma. Esse tipo de ideia arquitetônica é mais utilizado em ambientes externos, como varandas, jardins e espaços de lazer, onde geralmente há um maior contato com a natureza e com elementos incomuns na parte interna.

O que usar para colar o tijolo ecológico?

Uma das maneiras mais comuns de colar esse tipo de material é utilizando a cola PVA, que é adequada para a constituição do bloco ecológico. Geralmente, este tipo de cola é mais utilizado para a aplicação em materiais porosos, como é o caso do papel, madeira e cerâmica com poros aparentes. Ela leva até 30 minutos para fixar.

No entanto, também é comum que a argamassa polimérica seja utilizada para esse tipo de obra. A massa é de colagem imediata e possui um endurecimento quando entra em contato com outras superfícies. Outra alternativa é a utilização da argamassa de assentamento convencional, que ajuda a colar placas cerâmicas de revestimentos.

Como calcular a quantidade de tijolos ecológicos?

O ideal é que, antes de fazer qualquer tipo de construção, a quantidade de tijolos seja vista. Para se ter uma ideia, cerca de 1m² de parede exigirá uma quantia de, mais ou menos, 48 tijolos. Também é importante dizer que um milheiro rende cerca de 21m², sendo necessários apenas 48 deles para cada m².

Então, para realizar o cálculo correto da quantidade de tijolos necessários, é preciso multiplicar a largura pela altura. Ao final, é possível transformar a quantidade em centímetros em metros, facilitando, dessa forma, a compreensão da área a ser construída.

Compartilhe:

3 comentários em “Benefícios de uma construção com tijolos ecológicos”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?